quarta-feira, 3 de abril de 2013

Convite.


A janela sempre é um convite - aberta ou fechada.
A janela aberta sempre é um caminho fácil.
Atravessá-la depende da vontade do ser, ou do devir, não sei.

A boca aberta vomita palavras catárticas.
Mesmo de boca fechada, ainda dá se pode falar, olhar, sentir,
 ainda dá.
Aquela vontade que impulsiona o falar:
Aquela vontade que é contra a nossa vontade.
Aquela vontade que condiz com a nossa vontade:
É sempre vontade.
Eu não preciso entender de onde vem a vontade
Eu não quero entender.
Eu só preciso sentir
Eu só quero sentir.
E só sou
E só.


Um comentário:

H O N E Y disse...

beautiful photos, love these photos soo much dear! :*

happy to found your blog and following you <3